Escolha uma Página
Funil de Marketing O Guia Definitivo

Funil de Marketing O Guia Definitivo

Constantemente eu sou bombardeado por perguntas do tipo: Eu preciso ter um funil? Como funciona um funil no marketing digital? Como eu faço um funil? Qual o melhor funil de marketing digital? Por isso resolvi escrever este artigo explicando cada etapa da construção de um funil que funciona e que qualquer iniciante consegue aplicar.

Quais são as fases de um funil de marketing

Eu sei que parece óbvio, mas se você está começando é importante saber que o nome funil vem realmente de um funil, onde temos uma abertura maior na entrada e uma pequena abertura na saída, o que isso nos mostra? Que visualmente teremos mais pessoas chegando e poucas pessoas convertendo, porém quanto maior for a quantidade de pessoas chegando consequentemente maior será a quantidade de pessoas convertendo.

Para quem está iniciando no Marketing Digital, o funil mais prático, simples e que realmente funciona é o funil que eu chamo de funil de conversão, talvez você encontre ele com outros nomes por ai. Este funil eu divido em apenas 3 fazes para que facilite para qualquer pessoa e fique simples para aplicar em seu negócio.

Estrutura de um Funil de Marketing
Funil de Marketing para Iniciantes

Topo do funil – Tráfego

Episódio do meu podcast que falo sobre Tráfego em um Funil de Conversão

A fase de tráfego é uma das mais importantes porque como eu disse anteriormente quanto mais pessoas você atrair para o topo maior serão as chances de ter uma conversão no meio do seu funil. É muito importante você saber que na etapa de tráfego você precisa de um blog pois com ele você poderá atrair todos os tipos de potenciais clientes, desde o cara que está curioso pelo assunto, a clientes de outras marcas, produtos ou serviços até pessoas que já sabem o que querem. Com uma estratégia de conteúdo em mãos você pode trabalhar todas as etapas do conteúdo posteriormente em seu funil.

Você deve estar se perguntando, “Humm… já sei que preciso de tráfego, mas como eu começo?” pensando nisso vou dar algumas dicas para você, porém lembre-se que você precisa estudar ainda mais sobre tráfego para ter um bom resultado.

Como fazer tráfego em um funil

O tráfego se divide sempre em dois formatos “Tráfego pago” e “Tráfego orgânico“. Onde no tráfego pago você paga para obter visitar em seu site e no tráfego orgânico você conquista esse tráfego recebendo acesso via pesquisas no Google por exemplo. Ok vamos nos aprofundar ainda mais aqui.

Como gerar tráfego orgânico

Neste episódio do meu podcast eu falei muito sobre SEO recomendo ouvir.

ATENÇÃO

NUNCA COPIE UM TEXTO DE OUTROS SITES, NEM MESMO PARTES DELES O GOOGLE PODE PENALIZAR SEU SITE POR ISSO.

Você pode começar estudando SEO “Search Engine Optimization” ou “Otimização para os motores de buscas” se você utiliza um site com o WordPress você pode utilizar um plugin chamado YOAST SEO que ajuda muito no processo de otimização do site, resumidamente aplicar o SEO em um site é estudar a forma como irá desenvolver o conteúdo e pensar nele antes de escrever, melhorando “palavras-chave, termos de buscas, criando conteúdos exclusivos, e garantindo que seu site atende os requisitos do Google para posicionamento que resumindo é: estar em um bom servidor, ter criptografia, ser rápido, funcionar muito bem em smartphones e etc. Você encontra mais informações no site: https://support.google.com/webmasters/answer/7451184?hl=pt-BR&ref_topic=9268559

Suponho que agora você já sabe o que é SEO vou te dar algumas ideias de como produzir conteúdos que irão ajudar gerar tráfego orgânico para seu site.

Utilize ferramentas para medir o volume de acessos em uma palavra-chave

Existem ferramentas como o Google Key Word Planner em que você pode colocar uma palavra-chave selecionar uma região e ele te mostrará a quantidade de tráfego que essa palavra chave gera todos os meses, com isso em mãos você pode tentar produzir conteúdos aplicando uma boa estratégia de SEO focando um bom posicionamento nessas palavras fortes, assim você evita escrever e perder tempo tentando posicionar artigos em palavras-chaves que recebem poucos acessos como 10, 50 ou 100 acessos por mês e foca em palavras-chave com mais de 5 mil acessos mensais. Imagine posicionar seu site em primeiro lugar em 10 palavras chaves que recebem mais de 5 mil acessos mensais? Logo você terá a chance de ter um site com 50 mil acessos, esse é o grande segredo da pesquisa de posicionamento que ninguém conta.

Existe outras ferramentas de pesquisa de palavras-chave como a SemRush, moz entre outros.

Leia os artigos da concorrência

Leia os conteúdos que estão posicionados pela concorrência e tente escrever algo melhor, verifique a quantidade de palavras do texto de seus concorrentes e tente dobrar de tamanho produzindo um texto completamente seu e mais completo, dessa forma logo o Google identificará que existe um conteúdo ainda mais relevante do que aquele.

Transforme as perguntas de seus clientes em texto

O Google e o Youtube são os dois maiores buscadores do mundo, e você sabe o que as pessoas mais fazem neles? Perguntam coisas.

Sabendo disso qual é o melhor conteúdo para você escrever? Claro que é responder perguntas, pois seus clientes chegarão até você dessa forma, pesquisando nos buscadores e quem tiver a melhor resposta para suas dúvidas ganha o seu acesso.

Como gerar tráfego pago em seu funil de marketing

Como o nome já diz o tráfego pago está relacionado ao investimento em publicidade, normalmente este tráfego é gerado utilizando o Google Ads ou Facebook Ads, porém existem outras ferramentas de tráfego pago que vale a pena você pesquisar caso queira se aprofundar ainda mais sobre o assunto.

É muito importante quebrar alguns paradigmas caso você já os tenha como: Porque investir em anúncio de conteúdo gratuito? Porque gastar dinheiro para atrair acessos em meu blog? Se eu for investir em tráfego pagou vou investir para vender. Essas são as dúvidas mais comuns que eu recebo seja de alunos ou em consultorias até mesmo com pessoas com mais tempo de experiências.

O ponto chave aqui é que assim como no tráfego orgânico onde você precisa estar visível para as pessoas que fazem perguntas sobre o seu conteúdo, no tráfego pago é igual, se você não tem tempo para ranquear no google em uma palavra-chave importante, então porque não investir alguns reais para fazer com que ela chegue até seu público de forma mais rápida? Acredite mesmo gerando tráfego pago e direcionando seus anúncios para seus artigos você no final terá como identificar essas pessoas e ai sim tentar vender, mas ainda não é a hora.

Sacadas matadoras para gerar tráfego pago

Eu não vou te ensinar aqui como anunciar no Facebook ou no Google Ads ainda, porém já quero explicar algumas coisas.

O tráfego pago no Facebook para conteúdo é mais barato que o tráfego pago para vendas sabia? O Facebook consegue identificar um tráfego que leva o usuário para ler um texto e normalmente eu pago entre R$00,01 até R$00,23 no tráfego, veja como é muito barato o que irá facilitar muito a escala do conteúdo, principalmente porque nessa etapa escalar é o mais importante.

É possível ranquear vídeos no Youtube gerando tráfego pago e posicionar seu vídeo nas buscas de uma palavra-chave você sabia? Também é possível criar mini vídeos e aparecer em canais onde seu público-alvo consome, se você fizer um bom trabalho consegue até crescer um canal em pouco tempo com um público muito qualificado.

Você pode segmentar muito bem o seus anúncios e as pessoas costumam dar mais atenção para anuncios que ajudam elas de alguma forma, como é o caso de você impulsionar um texto ensinando escolher o look de uma roupa ao invés de vender um look para alguém? Conseguiu pegar a sacada?

E se eu quiser anunciar também meus produtos eu posso? Pode, porém tente trabalhar aqui em uma escala tipo: 80% conteúdo e 20% vendas, mas eu recomendo 100% conteúdo por um tempo antes disso.

Você sabia que quando anuncia um conteúdo de valor, as pessoas compartilham esse conteúdo e ajudam escalar ainda mais os seus resultados? É natural todos estamos cansados de ver anúncios de vendas, porém quando encontramos um anúncio de conteúdo de valor, nem mesmo percebemos como aquilo foi parar ali e simplesmente ajudamos a viralizar.

Deu para entender o porque o tráfego pago funciona muito bem no funil?

Tudo Junto e Misturado

Agora imagine o que não é possível fazer misturando tráfego pago com um bom planejamento e estratégia orgânica? Sim isso é possível e é o que eu mais recomendaria. Veja se você tem um conteúdo com um bom potencial de ranquear no Google, onde você já fez um bom trabalho de SEO o conteúdo é realmente de valor logo se você impulsionar criando ads desse conteúdo o Google vai entender que esse conteúdo é muito valioso e vai agilizar o processo de ranqueamento, e eu tenho cases de resultados que atingi fazendo isso.

Meio do funil de Marketing – Captura

Agora que você já está dominando o tráfego e está gerando muitos acessos em seu site chegou a hora de descer para próxima etapa do funil.

Um podcast que gravei sobre Funil de Conversão na fase de Captura Nutrição e Conversão.

Você deve estar se perguntando e agora o que eu vou fazer com todo esse tráfego que levei para o site, eu perdi ele? E a resposta é NÃO! Você pode utilizar um pixel do Facebook ou do Google em seu site e com isso poderá rastrear e alcançar esses usuários por mais 180 dias após a sua visita com isso poderá alinhar outras estratégias.

Começaremos aqui a fase de captura, como o nome já diz precisamos através de “iscas” capturar os contatos das pessoas interessadas, e para isso podemos oferecer coisas do tipo: ebooks, acessos premium, vídeo aula, planilha, close friends e etc. E em troca você pegará o nome e o email desse usuário.

Para quem eu ofereço esses brindes? O ideal é trabalhar com remarketing oferecendo para as pessoas que você está levando para o site na fase de tráfego do seu funil de marketing, para isso você precisa investir em tráfego pago e não tem outro jeito, fazer um anúncio para as pessoas que acessaram seu site nos últimos 180 dias pode ser muito interessante.

Como usar o email marketing para oferecer uma “isca” e capturar um lead

Eu não vou explicar neste artigo tudo sobre email marketing, mais antes gostaria de deixar minha recomendação para vocês de um email marketing confiável, que trás um bom resultado e trabalha com ip privado onde a sua entrega é de quase 95% o serviço que eu indico é o E-goi

Como criar uma estratégia de captura utilizando um formulário de email marketing

Depois de fazer a sua conta no e-goi você deve clicar no menu superior em Web -> Formulários

Clique em Web e depois em Formulários

Na próxima tela clique em criar formulário.

Clique em Criar Formulário

Agora clique formulário novamente, depois selecione uma lista ou crie uma ali, e selecione o idioma principal.

Clique em formulário novamente

Na próxima tela você poderá selecionar um modelo predefinido ou criar um do zero

Escolha um modelo ou crie um do zero

Na próxima tela você pode avançar e confirmar, e dai sim editar como desejar

São várias opções de personalização, eu vou deixar assim mesmo, mas você deve personalizar e deixar ele atraente.

Agora vem a cereja do bolo, preste atenção as configurações, primeiro eu clico em opções e depois preencho os dados, nesse caso eu não estou utilizando o double optin que seria a confirmação do email antes de receber o ebook, mas você pode fazer isso se desejar, depois a página de obrigado será o link do meu ebook, nesse caso coloquei meu site / ebook, mas você pode por a URL do google drive, dropbox etc.

Funil de Marketing
Clique em opções para abrir essa tela
Funil de Marketing
Coloque ali o link do seu ebook, pode ser do google drive, site etc. Coloque o mesmo link nos dois campos como eu fiz.

Agora você irá gravar, clicar em adicionar outra públicação, (ou usar esse link mesmo para enviar para seus usuários, caso não queira inserir o formulário diretamente em seu site).

Funil de Marketing
Clique no botão laranja
Funil de Marketing
Agora é só escolher como quer publicar o seu formulário, se for para inserir em um site eu recomendo a primeira opção “HTML” ele vai gerar um código e você pode colar em seu site.

Pronto! agora você criou um sistema de captura onde irá capturar um lead em troca irá disponibilizar uma isca, nesse caso um e-book, quando este usuário cair em seu email marketing, ele fará parte de uma lista e você poderá trabalhar depois na próxima fase do funil que é a de nutrição.

Meio do funil de Marketing- Nutrição

Você sabia que na etapa de nutrição é possível desenvolver um outro funil só para trabalhar nessa parte do funil? Não se preocupe falarei disso em outro momento, ainda não é a hora.

Agora que você já pegou os contatos não queira sair vendendo para esse público por mais que isso seja o que você mais queira, agora é hora de começar a nutrir esses leads (Lead pode ser o nome e um email de um usuário). Como assim nutrir? Quando eu me refiro a nutrir estou querendo dizer alimentar com conteúdos relevantes esses usuários, nessa etapa você precisa se aproximar desses clientes e para fazer isso é necessário convidar eles para participar de uma live, enviar conteúdos pessoais chamando eles pelo nome (pode usar o email marketing para fazer esse trabalho) ou alimentar esses usuários conforme você achar melhor dentro do seu nicho.

Além dos conteúdos que já produzo preciso criar outros?

Não. O que você precisa fazer é aproveitar os conteúdos que já produz e tentar separar esses conteúdos, talvez criar um catálogo e entender para que cada conteúdo seu serve, exemplo: Reúna todos os conteúdos que você já produziu que se encaixa para quem está quase comprando seu produto, e envie para essa audiência, você pode fazer isso utilizando notificações, email marketing etc.

Você pode criar um canal no Telegram e enviar dicas em formato de áudio ou vídeo com essa audiência para alimentar o interesse deles.

Você pode ser pessoal com eles, dando a oportunidade de quem já faz parte desse canal de interessados em pedir conteúdos específicos para você produzir, ou criar webnários fechados apenas para essa comunidade. Lembre-se o importante aqui é nutrir e gerar conteúdo de valor, criar e dar atenção para esses usuários.

ATENÇÃO

Tome cuidado para não acabar fazendo SPAM ninguém gosta de mensagem todos os dias, emails toda hora tente ser o mais “Natural” possível.

Fundo do funil de Marketing – Vendas

Agora chegou a hora de vender para seus clientes, nessa etapa você irá filtrar os clientes que já passaram por todas as fases do seu Funil de marketing e irá direcionar as suas vendas. É importante que as vendas aqui não sejam apenas ” compre aqui” mais que ela contenha uma história que se conecte com tudo que você fez até aqui, por exemplo você pode fazer uma semana de conteúdos gratuitos direcionado somente para esse público e dai abrir o carrinho e oferecer um desconto.

Você pode fazer remarketing com informações privilegiadas que já foram fornecidas pelos seus usuários no decorrer do funil como é o caso de ter pego a data de aniversário deles ou o dia do casamento.

O mais importante dessa fase do funil é conectar o seu cliente com a história que você já contou durante todo o percurso que fez com que ele chega-se até aqui.

Como definir o Público-Alvo e a Persona do Seu Negócio

Como definir o Público-Alvo e a Persona do Seu Negócio

Como definir o Público-Alvo e a Persona do Seu Negócio

Com certeza você já ouviu falar de público-alvo, porém é um tema que gera bastante confusão no marketing digital. Parece ser algo muito simples e que na maioria das vezes é esquecido no marketing digital.

Após você definir o nicho de mercado que irá atuar, chegou a hora de entender o que é um público-alvo e persona e como fazer essa classificação da forma correta para ter sucesso em suas campanhas.

Episódio do meu podcast sobre Público-Alvo e Persona

O que é Público-alvo

 Público-alvo é uma parcela do seu nicho de mercado que compartilha interesses mais “amplos” como: grau de escolaridade, classe social, objetivos e interesses.

O que não podemos esquecer é que em um planejamento de marketing digital você também precisará definir a persona do seu negócio.

O que é Persona

Persona é um segmento mais detalhado dentro do seu público-alvo por exemplo: “Joana, empreendedora, mãe, tem 34 anos é formada em jornalismo e quer largar a profissão para virar nômade digital e passar mais tempo com os filhos”.

Porque eu preciso definir o público-alvo e a persona do meu negócio?

A definição clara de um público-alvo e a criação da persona, irá ajudar o empreendedor a criar produtos e conteúdos pensando exatamente em seu público, é aquela sensação que temos as vezes quando encontramos um conteúdo e falamos, nossa eu estava pensando nisso hoje, ou ele leu a minha mente, isso não acontece “atoa” isso acontece porque o conteúdo ou o produto foi desenvolvido pensando exatamente como você pensa.

Passos para definir o seu público alvo hoje!

1 – Pesquisa o seu nicho de mercado

É muito importante fazer um levantamento em seu mercado, para que você consiga enxergar as oportunidades dentro das necessidades do seu público-alvo e você pode fazer isso analisando a concorrência.

Tem uma frase que gosto muito que é “ O inteligente aprende com os próprios erros. O sábio aprende com os erros dos outros.” Na pesquisa de mercado tente sempre ser o sábio, veja as oportunidades que seus concorrentes estão deixando passar, leia os comentários das redes sociais que eles estão deixando passar.

2 – Detalhe o perfil do seu público

Agora que você pesquisou o público dos seus concorrentes, comece a trazer detalhes do tipo: qual a média de idade deles, qual a classe social, qual é o ticket médio que estão dispostos a pagar, qual é o sexo deles, qual é a sua região? Com esses dados amplos você terá em mãos as primeiras informações para iniciar a sua estratégia.

3 – Converse com pessoas do seu público-alvo

Tente participar de lives, eventos presenciais, grupos e comunidades e se envolver com este público para ter uma conversa com alguns membros, isso irá te ajudar a entender ainda mais quais são os seus objetivos e necessidades para completar o seu estudo de mercado.

Agora chegou a hora de definir uma persona para seu negócio

Com todas essas informações em mãos é muito importante definir a persona do seu negócio, que nada mais é do que realmente criar um cliente perfeito fictício para utilizar as semelhanças dele para utilizar na hora de criar conteúdos e produtos.

Comece encontrando uma foto no google imagem de alguém muito parecido com o seu cliente perfeito, veja um exemplo que encontrei no google.

Como definir um Público-Alvo e Persona
Informação fictícia: Joana, 38 anos

Agora vamos dar um nome e definir a idade dela, neste caso: Joana, 38 anos.

O segundo passo para definir a persona do seu negócio é começar a trazer características pessoais para Joana, vamos lá:

Joana tem 38 anos é mãe do Matheus e da Marina, ela é jornalista de formação e sempre atuou na área, porém com as viagens e a dedicação no jornalismo estava se sentindo frustrada por não conseguir dar atenção aos filhos que estão crescendo. Joana tem pesquisado todos os dias formas de transformar a carreira em uma profissão onde pode trabalhar de casa e passar mais tempo com a família.

Você conseguiu entender que por mais que tenhamos um público-alvo no qual Joana se enquadra que seria algo como:  Classe Média Alta, idade entre 30 e 50 anos, com o objetivo de mudar de vida etc. Não tínhamos em mente algo tão definido como temos agora, o que torna possível construir produtos pensando exatamente na persona do seu nicho de mercado. Você já parou para pensar em quantas Joanas existem por ai? Por mais que o perfil que você definiu seja de uma pessoa,  fica muito fácil pensar em quantas mães e pais não estão passando exatamente  por essa dificuldade, sentindo as mesmas dores da Joana, com isso em mãos podemos ir para o nosso passo final, a produção de conteúdo e a criação do nosso produto.

OBS: É importante você saber, que alguns negócios possuem mais personas, você pode criar 2, 3, 4 tudo depende do seu projeto.

Como construir produtos e conteúdos utilizando a persona definida do seu negócio

Uma coisa que eu adoro indicar para meus alunos é imprimir a foto da sua persona com a bio e deixar do lado do seu computador para que toda vez que você comece a produzir um conteúdo ou pensar em um produto você olhe para ela e realmente imagine como seu produto ou conteúdo irá ajudar a sua persona. Com isso em mãos é possível criar conteúdos com muito mais valor, é o caso de um blog, por mais que a gente saiba que precisa escrever lá toda semana para conseguir um bom posicionamento, ter conteúdo de qualidade etc, ainda assim ficamos perdidos com tanto conteúdo, agora se você pensar nas dores da sua persona e focar em escrever conteúdos que irão ajudar ela a resolver os seus problemas você terá muito mais assertividade e quando ela acabar de ler um conteúdo terá a sensação de que aquilo foi escrito exatamente para ela.

Mais no final das contas, o que eu vou fazer com o Público-alvo que eu defini para meu negócio?

Não se preocupe e nem pense que a definição do público-alvo foi apenas para chegar na persona do seu negócio. O público-alvo também irá te ajudar a criar campanhas patrocinadas, onde você irá utilizar essas informações para começar a segmentação do primeiro nível dos seus anúncios etc. Por isso continue documentando e guardando essas informações, pois no futuro você utilizara.

Como encontrar um bom nicho de mercado para trabalhar na internet

Como encontrar um bom nicho de mercado para trabalhar na internet

Podcast: Nicho de Mercado

Eu diria que depois de tomar a decisão de começar um negócio online lucrativo para trabalhar com o marketing digital, o segundo passo seria identificar o nicho de mercado a qual você deseja atuar.

Mas antes de começarmos é muito importante ter certeza que você sabe o que é um nicho de mercado no marketing digital. Nicho de mercado é o processo de segmentação de um mercado maior. Imagine a saúde, onde saúde é o mercado, mas a área de emagrecimento é o nicho de mercado dentro disso, parece até meio redundante, mas acredite isso faz muito sentido, já que quanto mais segmentação você conseguir ter, melhores serão os seus resultados com anúncios, e também claro vai facilitar muito na hora de criar um planejamento de marketing e definir o seu público-alvo.

Mas lembre-se na hora de pesquisar o nicho é muito fácil desejar atuar em nichos milionários como é o caso do nicho de emagrecimento, mas você também deve atentar-se de que quanto mais lucrativo é um nicho maiores serão os seus desafios, por isso eu também recomendo que você escolha o nicho que mais tem facilidade em trabalhar, digamos que você seja um mecânico, falar de manutenção de veículos é uma tarefa muito fácil pra você, agora imagine um mecânico falando sobre saúde? Não é impossível isso acontecer, porém você terá muitos desafios e logo ficará cansado.

Qual é o seu perfil?

Eu sei que talvez você não tenha ficado feliz em descobrir que seu nicho é muito concorrido, ou que você precisa ser bom em alguma coisa para finalmente ter um nicho para trabalhar, mas fique tranquilo porque para os dois casos existe uma solução.

Caso você se enquadre no grupo 1 onde já tem uma área de atuação, mas que mesmo assim acha muito complexo, ou acredita ser um nicho muito concorrido, eu apresento a você o “sub-nicho”, ficou confuso? Eu vou explicar de forma mais clara.

Imagine que você dentro do mercado de “saúde” é especialista no nicho de “emagrecimento”, mas viu que este é um nicho muito concorrido, então você pode decidir atuar em um “sub-nicho” que seria o caso de falar especificamente de “chás para emagrecer” e nada mais do que isso. Quando você faz isso, você encontra um universo de possibilidades e muito menos concorrência, porque por mais que seu concorrente seja enorme e fale sobre emagrecer, ele não consegue falar tão bem sobre “chás para emagrecer”, liberando aqui um vasto campo para trabalhar.

Agora se você pertence ao grupo 2 onde você não consegue enxergar uma habilidade capaz de transformar em um produto dentro de um nicho específico, você também pode trabalhar com “sub-nichos” e encontrar pequenas fontes de conteúdos que não são supridas dentro de grandes campos, ao invés de construir do zero uma audiência para seu nicho de mercado.

É normal sentir medo de entrar em um sub-nicho e não conseguir ter resultados, não se preocupe o resultado vem e se tem demanda em um nicho também terá demanda dentro de um sub-nicho, para isso você precisa apenas trabalhar todos os detalhes em seu planejamento de marketing digital.

Uma dica valiosa para você que está procurando um nicho de mercado para atuar, e não acredita ser bom em alguma coisa capaz de transformar em um produto é utilizar algumas ferramentas na internet para descobrir nichos.

Quer acessar meus conteúdos VIPS?

Tenha acesso a conteúdos exclusivos de Marketing Digital

Vamos para as pesquisas

Para iniciar uma pesquisa de nicho de mercado você precisa dedicar um certo tempo para analisar cuidadosamente cada detalhe.

Você precisa responder algumas perguntas para descobrir se determinado nicho de mercado é realmente lucrativo e possuí demandas.

O nicho que irá atuar possuí tráfego?

Você pode utilizar o planejador de palavras-chave do Google Ads para ter uma ideia do volume de acessos desse nicho de mercado.

Você já conhece o público-alvo?

É importante entender como o público desse nicho pensa, o que eles fazem e quais são as suas dores, para que você tenha uma solução completa para o problema deles.

Qual é o ticket médio desse mercado?

Veja qual seria o valor do produto que você ira lançar, pesquisa por outros produtos similares para entender se realmente ele é viável financeiramente.

Quem é o maior especialista desse nicho?

Quase todos os nichos possuí um especialista, ou algum influenciador que produz conteúdo para tirar as dúvidas e ajudar o seu público, é muito importante você conhecer e verificar se o nicho que você quer trabalhar também possui, com essa informação será possível responder as próximas perguntas.

O que as pessoas mais perguntam para ele nos comentários?

Leia os comentários das redes sociais de seu concorrente, eles te darão insights sobre qual conteúdo produzir, como está o mercado e quais são as dores do seu público, além de mostrar se as pessoas estão carentes por respostas ou não.

Qual o tema que ele mais possuí acessos?

Identificar o conteúdo com mais acesso é entender qual é a melhor palavra-chave para trabalhar na hora de gerar conteúdo e até mesmo produto.

Se você conseguir responder cada uma dessas perguntas você terá uma base se é possível ingressar nesse nicho de mercado, caso seu nicho não tenha uma autoridade já trabalhando na internet, você encontrou um nicho com muito espaço de mercado para trabalhar.

Como você pode encontrar possibilidades de nichos de mercado diferentes?

Você pode utilizar ferramentas tipo: Yahoo respostas, Youtube e Google para encontrar dores de pessoas ou seja “perguntas que as pessoas fazem procurando respostas” e depois fazer a análise como eu mostrei a cima.

Ideias de nichos de mercado

  • acessório do carro
  • alimentação saudável
  • aluguel de automóveis
  • animais de estimação
  • aprender inglês
  • arquitetura e construção
  • assinaturas de revistas
  • automotivo
  • bancos de empréstimo
  • banda larga
  • beleza
  • bens imóveis
  • carrinho de compras
  • carro clássico
  • carros
  • cartão de crédito
  • cartão de crédito pré-pago
  • cartão de telefone
  • casa e decoração
  • casamento
  • cavalo
  • celular e smartphone
  • cerâmica
  • cesta de presente
  • chá de bebê
  • chocolate
  • comida
  • comida de gato
  • comida saudável
  • consolidação de dívida
  • conta de comerciante
  • copa do mundo
  • corrida
  • corridas de cavalos
  • cremes de mama
  • cruzeiros
  • cuidado com pele
  • cuidado com unhas
  • dental
  • dicas de segurança de casa
  • dietas
  • download
  • drop shipping
  • ebook / livros digitais
  • emagrecer
  • vagas de emprego
  • empréstimo
  • empréstimo automático
  • empréstimo de dinheiro rápido
  • equipamento de paintball
  • ervas medicinais
  • escola em casa
  • farmácia on-line
  • férias médica (cirurgia plástica)
  • financiamento e investimento
  • financiamento para empresas
  • fitness saúde
  • flores
  • forex
  • futebol
  • ganhar dinheiro na internet
  • gestão de dívida
  • ginástica
  • golfe
  • hardware de computador
  • hipoteca
  • home theater
  • hotel
  • iate
  • ingressos de cinema
  • intercâmbio
  • internet marketing
  • ioga
  • jogos online
  • kits de teste de infidelidade
  • livros didáticos
  • livros em áudio
  • loja virtual
  • luz negra
  • marketing multi nível
  • materiais de escritório
  • maternidade
  • medicação acne
  • medicina alternativa
  • mercado livre
  • merketing digital
  • MMO RPG
  • mobiliário moderno
  • moda
  • motocicleta
  • muscular e aptidão
  • música
  • música especialidade
  • música gospel
  • namoro
  • netflix
  • nova era
  • oportunidade de negócio
  • pagamento de contas on-line
  • pay per click
  • perda de peso
  • permacultura
  • planta de jardim
  • pôquer
  • presentes
  • produto católico / cristão / religioso
  • produtos de beleza
  • projetor
  • psicologia
  • publicidade na internet
  • receitas
  • registro de domínio
  • relaxamento
  • relógios
  • revelação de fotografias
  • revenda de hospedagem
  • ringtones
  • satélite
  • saúde
  • segurança
  • seguro
  • seguro de carro
  • seguro de viagem
  • serviço de telefonia móvel
  • site de promoção
  • software
  • software educacional
  • spa
  • sustentabilidade
  • telefone celular
  • viajar
  • vinho
  • vitaminas
  • voip
  • wordpress
  • web design
  • xadrez

Alguns nichos de mercado parecem simples e não lucrativos, outros parecem não ter ninguém procurando sobre o termo, mas acredite a internet é uma grande bolha, e o que seus olhos não enxergam agora não é o que acontece na realidade, cada nicho desses existem pessoas buscando conteúdo e existem criadores de conteúdo. Muitas vezes achamos que não vamos conseguir, mais eu garanto para você amigo leitor, que sim é possível, basta você dar o primeiro passo, focar em um nicho e produzir conteúdo toda semana!

Como começar no Marketing Digital

Como começar no Marketing Digital

Uma breve introdução

Primeiramente seja muito bem vindo ao meu site, antes de começar a falar sobre Marketing Digital eu gostaria de falar um pouco sobre este projeto que venho desenvolvendo desde 2018, mas que na quarentena do novo corona vírus eu acabei voltando a postar e dessa vez também comecei a gravar um podcast que acabou se tornando um curso de introdução ao Marketing Digital 100% gratuito disponível no Spotify Eu trabalho com Marketing Digital a mais de 10 anos, e posso dizer que o Marketing Digital mudou minha vida e uma das melhores experiências que tive foi ensinar Marketing Digital por 1,5 anos em turmas presenciais, sempre gostei muito da energia que a educação trás e de ver a mudança na vida das pessoas, por isso resolvi dedicar toda semana um tempinho para postar alguma coisa em meu blog e claro gravar um novo episódio do podcast Marketing Digital do zero.

Como Começar no Marketing Digital

Primeiramente é muito importante você saber que o Marketing Digital possuí diversas vertentes e seu campo de conhecimento é muito amplo, e quando eu digo muito quero dizer quase infinito, por isso não se assuste cada vez que descobrir um novo termo ou uma nova área dentro do Marketing, mas trate isso sempre como a medicina, onde você tem profissionais da saúde, mas cada médico é responsável por uma área dentro do nicho de saúde, assim é no marketing digital, porém é muito importante você entender que ainda assim é importante você ter uma visão do todo antes de iniciar ou até mesmo de escolher em qual área de atuação você ira se especializar, assim como a medicina que mencionei onde o médico precisa estudar sobre saúde e só depois escolher a área que irá seguir.

Acho que uma das principais dúvidas para já tirarmos no início da sua pesquisa é de que para se tornar um profissional de marketing digital você precisa de faculdade, isso não é verdade e sinceramente não importa. O que realmente vai fazer a diferença para você iniciar no Marketing Digital é a força de vontade, os estudos, o tempo e claro o que eu diria ser o mais importante a sua curiosidade no assunto, já que o marketing não é uma ciência exata .

Diferença entre Marketing Digital e Marketing Off-line

Agora é muito importante você entender a diferença entre essas duas modalidades, já que o Marketing Digital é uma evolução do tradicional.

No marketing tradicional você trabalhava diretamente com pessoas e sem o uso da internet, podendo usar formatos como: revistas, TV, panfletos, anúncios em catálogos, jornais impresso, rádio e etc. Nessa modalidade você não conseguia medir os resultados das suas ações com grande assertividade e mesmo que tivesse muito dinheiro para conseguir fazer isso ainda assim eram dados muito fracos, tornando muito difícil chegar a resultados conclusivos. Outra dificuldade muito grande do tradicional era que se houvesse um erro na campanha, precisava gastar muito dinheiro e as vezes dobrar o orçamento e perder 50% do material, como é o caso de um erro em um panfleto que você percebeu só depois de imprimir ou uma mudança na visão da empresa em curto prazo. Todos esses elementos tornam tornavam o marketing digital uma estratégia cara, complexa e não muito assertiva.

No marketing digital você consegue fazer todo o processo inverso do tradicional, ou seja é possível automatizar campanhas, utilizar robôs para te ajudar, medir os resultados de forma rápida e assertiva, parar ou aumentar o investimento,direcionar a campanha para qualquer lugar do mundo, medir os resultados de forma conclusiva e em tempo real. Você conseguiu perceber a diferença aqui? Com certeza você deve estar pensando que com tudo isso o marketing off-line não deve mais existir, a verdade é que ele ainda existe e deve existir, mais agora como um suporte para o novo marketing.

Qual caminho eu devo seguir

É muito importante que você comece pesquisando sobre público-alvo e persona, onde você irá entender um pouco mais sobre o seu público-alvo e sobre as necessidades e dores do seu público.

O segundo passo é deixar o seu negócio funcionando de forma online, verificar se você já tem um site e se ele segue todas as regras do Google, lembrando que é importante também estudar sobre “SEO” e “Otimização de sites” para ter bons resultados.

Depois verifique como está as suas mídias sociais, você já tem um perfil no instagram, facebook, twitter? Como você está conversando com seu público? Aqui vale um estudo sobre “Social Media” ou mídias sociais.

Quarto passo é o marketing de conteúdo, surge aqui um novo termo para seus estudos, é muito importante agora começar a fazer uma estratégia de conteúdo para linkar tudo o que você está criando e conversar diretamente com seu público, aqui é importante unir conceitos que você já deve ter estudado nos passos anteriores como; público-alvo, e mídias sociais. Além de criar e trabalhar muito bem na história do seu negócio, lembre-se sempre “pessoas se conectam com histórias todos os dias”.

Quinto passo construa um funil de conversão e trabalhe cada etapa, eu costumo utilizar o funil com as seguintes etapas: Tráfego (atração) Leads (captura) Nutrição e Conversão. Para fazer um bom trabalho de funil estude também ferramentas como email marketing e CRM que irão te ajudar com toda essa automação.

Sexto passo, comece estudar sobre tráfego pago, agora que você já tem tudo isso redondo e funcionando chegou a hora de investir em seu negócio, estude sobre facebook ads, google ads e comece a estruturar campanhas que irão ajudar a criar loops em seu funil de conversão.

Como você deve ter visto eu deixei diversos links aqui no post, são conteúdos que já gravei em meu podcast que irão ajudar a complementar cada etapa do que estamos conversando.

As 10 startups de tecnologia que você precisa conhecer!

As 10 startups de tecnologia que você precisa conhecer!

As startups são um modelo de negócio que está tomando conta do mercado atual. Uma startup nada mais é do que uma empresa que nasce a partir de um grupo de pessoas, que criam um negócio escalável, normalmente baseado em tecnologia. Com um baixo custo, a escalabilidade desse modelo permite alto lucro com a manutenção dos baixos custos iniciais.

Veja agora as 10 startups de tecnologia que você precisa conhecer!

Nubank

Startup – Nubank

Muito conhecida desde seu início, cerca de três a quatros anos atrás, a Nubank se popularizou pela facilidade de um cartão de crédito controlado por um aplicativo e sem nenhuma taxa adicional.

Contabilizei

Startup – Contabilizei

A Contabilizei fornece serviços contábeis online, visando atender às necessidades de empreendedores que querem otimizar o tempo. Mais uma vez a tecnologia e a criatividade se unem para sanar dificuldades do mundo dos negócios.

Méliuz

Startup – Méliuz

A ideia do Méliuz é semelhante ao sistema de pontos para compras online. Atraindo consumidores de todo o país, a sua função é trazer cupons de desconto e, além disso, disponibilizar a devolução dos pontos adquiridos em dinheiro para a conta do consumidor.

Resultados Digitais

Startup – Resultados Digitais

Focada em automação de marketing, a Resultados Digitais possui uma proposta inovadora aqui no Brasil. Por meio do conhecimento em Inbound Marketing, eles fornecem uma série de serviços como conteúdo informativo, cursos, certificações na área e um software.

Colab.re

Startup – Colab.re

Desta vez, o aplicativo possui uma função incomum para a maioria dos apps: fiscalização de problemas e questões políticas da sua cidade. O usuário pode postar os problemas encontrados, com uma lixeira quebrada, e aguardar a resposta da prefeitura.

Movile

Startup – Movile

Por meio da Movile é possível, hoje, desfrutar de vários aplicativos que facilitam a nossa vida. Isso porque essa empresa desenvolve os apps, com o fim de tornar a vida dos consumidores mais fácil e por isso, melhor.

Escola de Você

Startup – Escola de Você

Com vídeos destinados às mulheres que desejam conhecimento e qualificação profissional, o Escola de Você contribui de forma significativa socialmente. A plataforma disponibiliza todo o conteúdo para ser acessado onde a usuária desejar.

Sympla

Startup – Sympla

Com o cadastro de eventos, o Sympla traz em sua funcionalidade a compra de ingressos e promove inscrições. Dessa forma, o usuário tem acesso aos eventos mais próximos e já consegue garantir a sua participação.

Livre

Startup – Livre

A expressão que move o Livre é a promover mobilidade. Isso, porque essa empresa transformou as cadeiras de roda em triciclos motorizados. Seja qual for o terreno, os veículos proporcionam o vento no rosto e a liberdade que as cadeiras não têm.

Trustvox

Startup – Trustvox

A Trustvox promove a garantia de que os reviwes são feitos realmente por pessoas que compraram determinado produto. Quando o comentário é disponibilizado, seja negativo ou positivo, é pela pessoa que experimento de fato o produto em questão.

As startups de tecnologia prometem trazer produtos que resolvem pequenos problemas do dia a dia, como pedir comida ou um veículo por meio de aplicativos. Por esse motivo, essas organizações têm se tornado cada vez populares e abrem um leque de possibilidades que, aliadas à tecnologia, promovem uma gama de facilidades para os consumidores.

Robôs no Marketing Digital

Robôs no Marketing Digital

Quando o tema é Comunicação Empresarial e Organizacional, o Marketing Digital tem ganhado cada vez mais força. Empresas de pequeno, médio e grande porte têm notado que para se destacar em um mercado cada vez mais competitivo é essencial apostar na estratégia, pensando sempre na automação das atividades. E é para esta tarefa que entram em cena os chamados robôs no Marketing Digital.

Mesmo causando polêmica, a tecnologia e a programação no Marketing são essenciais para planejar ações e mensurar resultados.

Grande parte do trabalho na área digital não demanda criatividade humana e é repetitiva. Desta forma, os robôs, ou bots, conseguem agilizar toda a demanda, ganhando tempo e fazendo com que os profissionais se dediquem à criação e à análise de dados.

Com isso, o empreendedor ganha tempo e poupa recursos valiosos, além de potencializar o alcance das suas ações.

O que é um robô no Marketing Digital

De forma ampla, o robô no Marketing Digital se refere a softwares que fazem atividades de forma repetitiva e automatizada no ambiente virtual.

A intenção é potencializar as ações de Comunicação com o público e diminuir custos para uma empresa. Com os robôs, é possível, entre outras funções, enviar e-mails, encontrar leads, acompanhar a jornada de um visitante em seu site e responder perguntas de forma curta e objetiva.

Vale lembrar que tudo isso, entretanto, não dispensa o trabalho árduo dos profissionais de Marketing. A equipe precisa ser capacitada e entender o que os dados coletados significam e como é possível usá-los ao favor da empresa.

Automação e Chatbots

Quando se fala em robô no Marketing Digital, duas palavras vêm à mente: automação e chatbots.

A primeira delas, se refere a softwares e plataformas capazes de otimizar o processo de avaliação de dados, nutrição de leads e outras demandas. A tecnologia permite realizar ações de forma otimizada e impede que os colaboradores percam tempo.

Além disso, com a automação, o produto, serviço e conteúdos da empresa chegam ao cliente de forma mais personalizada e mais eficaz.

Já os chatbots ou robôs atendentes, são softwares capazes de dialogar com consumidores e visitantes, tendo como base um banco de dados.

Basicamente, o sistema é composto por respostas automáticas, com o intuito de sanar as principais dúvidas dos clientes. Isso permite agilidade no atendimento online, além de uma economia para a empresa.

O que uma empresa precisa fazer antes de recorrer aos robôs no Marketing Digital?

Antes de recorrer aos robôs, seja na área de automação ou para chatbots, uma empresa precisa definir quais são seus objetivos. Isto é, o que ela espera com a aquisição do serviço e onde pretende chegar.

Depois disso, também é importante realizar uma pesquisa de mercado para saber quais são as marcas mais utilizadas para cada demanda e quais oferecem o melhor custo-benefício.

Por fim, após adquirir os serviços, experimente as ferramentas e promova testes para descobrir se a opção é mesmo a mais indicada para a sua empresa e para os seus objetivos.

Gostou das dicas? Leia mais sobre Marketing Digital em nosso site.